Prestigie estas crianças que estão a cada dia aprendendo e ensinando, juntas, a arte de ser feliz!

Pessoal, o post de hoje é um convite mais do que especial: você conhece o Coral Catavento Cantavoz, do Colégio Medianeira? Pois bem: esse coral é fruto da união de esforços e ideais entre o Medianeira, os regentes Carlos e Joyce Todeschini (os mesmos do grupo Curumim, conhece?), o diretor de teatro (e ex-aluno) Andrei Moscheto, as professoras de Dança Daniella Nery e Mábile Borsatto e mais de 80 crianças tanto do Medianeira quanto da Vila Torres.

Mais do que um projeto social, o Coral vem levando e trazendo música de qualidade para quem quiser ver e ouvir. A interação proporcionada pela (re)união musical já rendeu cds e dvds, mas, mais importante do que isso, vem promovendo o encontro entre crianças de diferentes faixas etárias e classes sociais. O melhor da nossa MPB já foi cantado, dançado e encenado várias vezes em diversos palcos de Curitiba e também do Paraná.

Em 2009, o Coral Catavento Cantavoz apresenta o espetáculo A arte de ser feliz, uma releitura da obra de Ziraldo e sua turma do Pererê e do Tininim, cantando os encontros e desencontros entre o mundo da floresta e da cidade.

Quem também marca presença forte nas apresentações é o grupo de Dança do Medianeira, com uma participação mais do que especial.

Enfim, mais de 100 pessoas estão envolvidas nessa apresentação, entre cantores, bailarinos, músicos, atores etc. Tudo isso no dia e horário mais nobres e no palco mais conhecido da cidade: o Guairão.

Vamos às informações básicas:

A arte de ser feliz

Teatro Guaíra, dia 17 de outubro (sábado), às 20h30, no Teatro Guaíra.

O ingresso pode ser retirado na secretaria ou no almoxarifado da fase I do Colégio Medianeira, de graça. Se você quiser contribuir com a Biblioteca da Vila Torres, leve um livro novo, ou usado, desde que em bom estado.

Caso você não conheça o Colégio Medianeira e tenha dificuldades para retirar seu ingresso, escreva para nós no espaço de comentários abaixo. Daremos um jeito para que ninguém fique sem ingresso!

Compareça, aprecie esse espetáculo e ainda prestigie essas crianças que cantam, dançam, atuam e, mais importante, aprendem e ensinam a arte de ser feliz!

Um grande abraço e nos vemos por lá.

Nilton Cezar Tridapalli