Pense que de repente seu corpo é transformado em luz… Não! Não estou aqui tentando falar de uma nova religião.

Seus trilhões de células organizadas para cooperarem e manter seu corpo físico em pé, subitamente transformam-se em corrente de fibra ótica, como que sugadas a partir das pontas de seus dedos.

Seu corpo perde a forma que seu espelho habituou-se a ver e, lá se vão,… todas elas… As suas células, uma a uma, enfileirando-se, sendo magnetizadas pela tela conectada, numa espécie de portal para outra dimensão.

Neste upload indolor, seu corpo experimenta sensações de leveza indescritíveis. Seus olhos, vermelhos, já não se lembram de piscar e a relatividade de tempo e espaço é provada. Praticada.

O mundo já não é mais tão real, e parece que superpoderes são acoplados aos seus parcos cinco sentidos. Sem seu corpo físico, tudo parece possível. Tudo!

Vale fazer de conta que você não é aquilo que todos os seres que te rodeiam, com toda aquela carne e ossos e, principalmente, olhos, dizem que você é.

b002-fac

Vale fazer de conta que tudo que todos querem ouvir de você é exatamente aquilo que você sempre disse.

Vale usar aquele photoshop de pensamentos e ideias, e modelar como é que você quer ficar na mente das pessoas.

Agora sim! Você é a luz das fibras óticas a subir. Claro… se a operadora de internet não deixar tudo cair.

Amigos a colecionar, curtidas a declarar. Liberdade! Pensar o que não se pensa, postar na timeline tudo o que o mundo deve ouvir, como que em um impulso self-marqueteiro de plantão. Claro… desde que protegido pela blindagem dos cabos da melhor operadora da sua região.

Mas… Espera aí! O que você está me perguntando?

Se dá pra ficar assim a vida inteira?

Se ninguém vai perceber que o que você pensa não é o que você pensa?

Rsrsrsrs… Olha lá a sua consciência te chamando do outro lado da tela. Suas células retomando a forma e tudo formigando. O jeito é colocar seu corpo para hibernar e voltar à luta amanhã se o portal para outra dimensão não falhar.

Boa sorte!

Obs.: Se você não gostou do que leu, obedeça a seus pensamentos e não clique no polegar opositor que te distingue tão bem de quem não tem face pra dar a tapa.

 

alessandro